quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Em modo quasi rigor mortis

Este blog voltou a estar em estado quase terminal.
Já não é por falta de ideias. É porque a entidade patronal da autora decidiu enchê-la de trabalho esta semana. Trabalho suburbano, inútil, mal-feito, monótono, estupidamente caro (mas afinal para algum lado têm que ir os milhões gastos em eventos e publicidade), para Ministro e seus gnomos verem. Mas trabalho. Muito.
Assim, a autora deste dignissímo blog está mais para morrer no sofá com a baba a escorrer-lhe do canto da boca e a manchar as bonitas e caras almofadas da Zara Home do que para grandes devaneios ensaístico-literários.

1 comentário:

Bruno disse...

Bonita imagem, a da baba a escorrer do canto da boca... :) Mas mereces esse momento, não devia ser permitido poder obrigar alguém à "suburbanice"!